Whisky: uma bebida “mágica”

7
Anunciante

Produzido à base de cereais como cevada maltada, cevada não maltada e água.

Simples assim, esse é o whisky, cuja origem tem algumas contestações mas o fato é que a Escócia foi o país a torná-lo universal e apreciado pelo mundo inteiro.

Aliás, este país ganhou o direito de apenas as bebidas produzidas lá receberem o nome Whisky. No Brasil, é conhecido como Uísque e nos EUA e Irlanda como Whiskey, onde também são produzidas bebidas semelhantes.

Simples nos ingredientes, porém sofisticado em sua degustação, o whisky leva apenas três semanas para ser produzido, mas precisa de pelo menos 8 anos de envelhecimento em barris de carvalho antes de ser engarrafado e consumido. Quanto mais tempo de envelhecimento, mais saboroso e encorpado.

É também conhecido como “água da vida”, pois em gaélico – idioma dos Celtas – um dos povos que originou a Escócia – é “uisgebeatha”. Essa denominação surgiu nos monastérios da Idade Média, por conta de um frei chamado John, que produziu a bebida para curar alguns doentes cuidados por ele.

Além de todas as curiosidades históricas dessa admirada bebida, a forma de degustação também envolve várias questões: deve ser consumido puro? Com gelo? Acrescentado de água? Não existe unanimidade em como deve ser servido, mas o importante é que seja desfrutado e apreciado de forma prazerosa e calmamente para admirar seu sabor até a última gota.

Dica: para incrementar o sabor do whisky e produzir uma gostosa sensação levemente adocicada, experimente preparar gelo em cubinhos feito com água de coco pura e acrescente ao copo.

Bom fim de semana e até a próxima!

Matéria: http://www.grupooba.com.br/blogs/adegaoba/518/whisky-uma-bebida-magica/

Comentários do Facebook