Anunciante

Já conhece o Kobe Beef?

KOBE BEEF

A Origem do “KOBE BEEF”

Em 1º de janeiro de 1868, o Porto de Kobe foi aberto pela primeira vez no Japão como porto de comércio internacional.

Naquela época, os estrangeiros que apreciaram a carne bovina em Kobe, se surpreenderam com seu maravilhoso sabor e, desde então, é conhecido como “Kobe Beef”, passando desta forma, a possui fama internacional, sendo considerado um dos maiores atrativos para visitar o Japão.

 “Kobe Beef” provém do “Gado Tajima”

O sabor depende da qualidade do Gado. Neste ponto, o melhor gado é o de “Tajima”. O “Gado Tajima” apresenta fibras musculares mais finas que facilitam a infiltração de gorduras entre elas.

Assim, variedades premium de outras carnes, que não o “Kobe Beef”, são do “Gado Tajima”

[ot-video type=”youtube” url=”https://www.youtube.com/watch?v=27_U0dyRfQ4″]

Por que o “KOBE BEEF” é tão Saboroso? Porque é obtido de gados especialmente selecionados, alimentação cuidadosamente balanceada e atenção aos mínimos detalhes.

No “Kobe Beef” a gordura está infiltrada entre as fibras musculares formando desenhos perfeitos a que denominamos de “marmoreio”.

Quando são preparadas, as gorduras do “Kobe Beef” derretem sobre as fibras musculares passando a suculência e uma ótima sensação ao paladar.

Neste momento, o próprio sabor da carne se combina com a gordura que derrete por entre suas fibras, conferindo a maravilhosa característica do delicioso “Kobe Beef”. Sabor e Saúde: Principais características do “Kobe Beef”

O sabor da carne tem uma relação direta com seu teor de gordura – é por este motivo que a picanha e o cupim de gados tradicionais de corte são tão apreciados no Brasil.

O que é uma carne saborosa? Carne saborosa é a que mantém o equilíbrio entre “suculência e maciez” com “paladar e aroma”.

A “suculência e maciez” são definidas pelo teor de gordura contida na carne e o “paladar e aroma” pela qualidade desta gordura.

No Japão, as carnes para consumo são classificadas em 5 categorias (Classes), e a relação destas classes com o teor de gordura e a qualidade são continuamente publicadas em dados científicos, comprovando a nível mundial o porquê da carne japonesa.

Comentários do Facebook