Mitos e Verdades sobre o Chocolate

chocolate

Olá pessoal, nesta 2a matéria tentarei tirar algumas das frequentes dúvidas sobre o chocolate, desvendando alguns mistérios, onde não sabemos o que é mito ou verdade.

Vamos começar falando sobre espinhas. Apesar de todos falarem que o chocolate é gorduroso e nos causam espinhas, segundo um estudo de uma universidade norte americana de dermatologia, o consumo de chocolate não está relacionado ao desenvolvimento ou piora da acne. Na verdade, fatores genéticos e flutuações hormonais, gravidez e menopausa é que indicam se alguém terá ou não as indesejáveis espinhas.

Outra teoria, é a de que o chocolate combate o estresse. Um estudo do Centro de Pesquisa da Nestlé, na Suiça, mostrou que o consumo diário do chocolate amargo pode reduzir o estresse. Os hormônios cortisol e catecolaminas, relacionados ao estresse, foram encontrados em menor quantidade após o consumo do chocolate. Sendo esse consumo moderado, o chocolate também pode reduzir problemas como acidente vascular cerebral (AVC) e até derrames, devido a presença de substâncias antioxidantes no cacau.

O chocolate também ajuda no raciocínio rápido, sim. Segundo especialistas da Universidade de Northumbia, no Reino unido, o desempenho e agilidade do raciocínio é otimizado com o consumo de 500mg de flavonóide epicatequina – substância fitoquímica com diversos efeitos biológicos benéficos – presente nas versões mais escuras de chocolate, como amargo e meio amargo.

E agora as perguntas mais frequentes:  chocolate alivia a dor? Eleva o bom humor? Chocolate vicia? Chocolate emagrece?

Para começar, a resposta para todas as perguntas a cima é SIM!

Segundo pesquisadores, o chocolate tem anandamina, um tipo de gordura que ativa os mesmos receptores quÍmicos cerebrais envolvidos no consumo de álcool e drogas. Além disso, o doce também possui substâncias estimulantes como cafeína e teobromina, que potencializam o efeito estimulante, podendo levar ao vício.

A explicação para que o chocolate eleva o bom humor, está na existência de feniletilamina no doce, substância que estimula a produção de serotonima – que dá a sensação de prazer e calma, associada à sensação de prazer, calma e felicidade, assim ajudando a amenizar o sentido de dor também.

Os ácidos fenólicos presentes no cacau têm ação emagrecedora. Além de interferir na produção da leptina – hormônio da saciedade – também queimam calorias.

Portanto, aqui vai a minha dica: fazer consumo diário de 45g de chocolate dos tipos amargo ou meio amargo, onde temos maior concentração de cacau!

Chef Felipe Alcantara

facebook: /felipealcantara

Telefone: (15) 981826176

email: felipe@personalchefalcantara.com

site: www.personalchefalcantara.com

Felipe Alcantara
Formado em Gastronomia no SENAC. Trabalhou em restaurantes do Brasil e na Europa, oferece serviço de personal chef e consultoria gastronomica.
Gestor de restaurante? Clique aqui